Aplicativos para trabalho remoto (Home Office & Viagem).

Videoaula

Este é o segundo vídeo da série a respeito de Home Office. Caso ainda não tenha assistido, recomendo que assista o primeiro também. O tema é extenso e por isso mesmo comecei a produzir esta série.

Há muito que não mencionei no primeiro vídeo e tenho certeza que este também estará incompleto. O objetivo hoje é compartilhar com você alguns dos aplicativos e serviços que considero essenciais.

Lembro que todo conteúdo abaixo está também disponível em formato de vídeo.

Minha primeira dica é focar nos aplicativos com versões para várias plataformas ou que funcionem bem via web e no celular. E para os que viajam com frequência ou ficam muito tempo fora do escritório é fundamental usar serviços que permitem manter conteúdo em modo offline, como o Evernote

Um bom aplicativo para videoconferência é muito importante também. Gosto muito da simplicidade do Google Meet, que é a versão corporativa do Hangouts. Basta enviar um link para a pessoa e ela clica para entrar na sala de conferências via navegador.

Se você já foi meu cliente ou aluno, lembrará que esta é a ferramenta que costumo usar. Principalmente porque é muito simples marcar uma chamada via compromisso. Basta usar o Google Agenda e selecionar a opção adicionar Hangouts ou Meet. a propósito, fique de olho na série a respeito dos serviços Google porque videoconferência via Meet e Hangouts é um dos próximos temas.

+ Série a respeito dos serviços Google.

A comunicação frequente que acontece naturalmente nos escritórios resolve muitos problemas de forma natural e isto acaba se perdendo no Home Office. Não necessariamente recomendo aplicativos ou soluções como o Slack. Existem outras formas de manter a comunicação em modo e assíncrono.

Montar um quadro Kanban no no Trello, ou em aplicativo similar, é perfeito para manter o trabalho fluindo e ao mesmo tempo permitir que o gestor tenha uma noção de todos os estados de cada um dos clientes e colaboradores. Outro benefício é conseguir manter a comunicação focada em cada tema.

Conforme mencionei no início, o tema é extenso e meu objetivo neste momento é passar uma visão de alguns serviços. Caso tenha alguma dica ou gostaria de ouvir minha opinião a respeito de algum outro aplicativo, por favor, deixe um comentário. E se gostou, por favor, compartilhe usando os botões abaixo.

 

Mapas do Google no Evernote via MapClipper | Evernote para Viagens.

Estamos nos aproximando do final do ano, das férias e viagens para passar Natal e Ano Novo com a família ou amigos. O Evernote pode ser seu aliado também nesta época do ano. Por exemplo, você pode pesquisar informasse e criar os roteiros para sua próxima viagem usando o Web Clipper e outros recursos do aplicativo.

Mas não podemos esquecer dos serviços de terceiros que também são muito bem-vindos para facilitar as cosias. Um bom exemplo é o MapClipper, que captura partes de mapas do Google Maps e leva para dentro do Evernote junto com um link para o mapa original.

Já havia compartilhado algumas dicas semelhantes a esta no passado, mas o MapClipper definitivamente facilita bastante o processo. Basta realizar uma busca, ajustar o mapa na posição correta e clicar no botão para copiar a informação para dentro do Evernote. É possível criar uma nova nota para abrigar o mapa ou ele pode ser incluído em uma das notas nas quais você estava trabalhando.

Porém, para que o MapClipper consiga mostrar esta relação e incluir o mapa em uma de suas notas existentes, ele precisa ter acesso a todo conteúdo do seu Evernote. Portanto, sugiro que assista as videoaulas relacionados a segurança da informação no Evernote.

Nas minhas pesquisas, percebi que o MapClipper já exista desde 2014, mas só o descobri recentemente e achei interessante compartilhar a descoberta. E você, já conhecia o MapClipper? Gostou? Por favor, deixe sua opinião e compartilhe o vídeo com os amigos.

🎂 9 anos de Evernote. Qual é a sua história?

Comecei a usar o Evernote no dia 22 de julho de 2008 às 8:56h da manhã, pouco menos de um mês depois do lançamento do aplicativo.

Como sei disso? Guardei o e-mail de ativação da conta dentro do próprio Evernote. Hoje, dia 22 de julho de 2017, nove anos depois, afirmo sem medo de errar que ele mudou por completo a minha vida. 

Há alguns dias perguntei no Twitter há quanto tempo meus seguidores usavam o aplicativo e fiquei surpreso com a quantidade de anos que muitos compartilharam por lá. Ficou claro para mim que o Evernote é realmente um desses companheiros de longa data.

A data de 24 de junho marcou o nono ano desde que o Evernote saiu de um teste privado para um beta público aberto.
— Evernote, 2017

Comecei criando meus roteiros de viagem em um iPod Touch e quanto mais utilizava esse incrível aplicativo, mais ideias eu tinha. Passei a compartilhar essas ideias e dicas online e em 2012 fui convidado para participar da segunda conferência internacional da empresa em São Francisco. Foi também o ano em que me tornei embaixador e publiquei o livro Organizando a vida com o Evernote.

Em 2013 lancei o podcast Diário de um elefante que foi encerrado este ano, 2017, para que eu pudesse dedicar meu tempo ao Canal no YouTube.

Em 2014 fui um dos palestrantes convidados para a conferência internacional daquele ano e aproveitei para conhecer a sede da empresa na Califórnia. Antes do ano terminar, também fiz parte da primeira turma de Consultores Certificados da Evernote e fui o primeiro brasileiro a receber a certificação.

O Evernote foi chegando na minha vida aos poucos e é hoje o centro do meu sistema de organização e produtividade. Porém, a mudança mais importante aconteceu depois de 2014 quando comecei a utilizar o aplicativo nas minhas consultorias. Hoje ele é uma peça chave na minha vida pessoal e no trabalho que realizo ajudando pessoas e empresas a se tornarem mais organizadas produtivas.

E você? Como é a sua história com o Evernote. Deixe um comentário no YouTube explicando como foi que começou a usar o aplicativo e como ele tem te ajudado na vida pessoal ou profissional.