Novidade no Evernote: Templates (2018) | 253

Se você me acompanha desde o início do Canal sabe que raramente público conteúdo a respeito de Templates no Evernote. Lembro de ter gravado episódios a respeito dos calendários de 2017 e 2018 e um ou outro vídeo basicamente explicando e reclamando dos Templates.

Nunca gostei porque eram na verdade uma gambiarra. Era preciso criar e duplicar Notas e tomar cuidado para nunca editar ou apagá-las acidentalmente. Inclusive sempre sugeria para meus alunos muita cautela e a criação de um Caderno só para guardar os Templates.

As vezes eu recomendava também um segundo caderno com as mesmas Notas (Templates) para servir como backup. Enfim, era difícil recomendar o uso de algo tão improvisado.

Felizmente tudo isso acabou. A Evernote lançou um espaço específico para você guardar seus Templates e usar sempre que quiser e esse é o tema do vídeo de hoje.

Depois que você atualizar seu App Evernote no computador, tablet ou telefone, verá o botão "Templates" toda vez que criar uma nova Nota. Clicando ali poderá escolher uma entre as várias notas-modelo disponibilizadas pela Evernote. Basta selecionar uma e usar.

Outra possibilidade é criar seus próprios Templates, mas não está disponível na conta gratuita. Monte o que quiser em uma Nota, clique nos três pontinhos no canto superior direito da Nota e escolha salvar como Template. Mude o nome, se for o caso, e pronto. Toda vez que precisar usar aquele Template, basta escolher ele na sua lista.

Quero aproveitar para falar sobre os tais três pontinhos. A Evernote já declarou que está movendo um monte de serviços para o "menu três pontos" e isso está irritando muita gente.

Entendo que o objetivo é padronizar a interface porque está assim em todas as plataformas, inclusive na web, mas ficou muito ruim para algumas coisas.

Por exemplo, agora é preciso entrar no menu para incluir um Lembrete na Nota. Antes era possível fazer isso apenas clicando no relógio. Enfim, se também não está satisfeito e fala inglês, por favor deixe sua reclamação no fórum oficial da empresa.

Os Templates pessoais são obviamente visualizados apenas por você e a princípio pensei que estariam disponíveis apenas com o computador conectado a Internet, mas os testes que realizei mostraram o contrário. Consegui acessar todos eles mesmo com o computador desconectado. 

Porém, não há como editar seus Templates. A única solução é salvar um novo e apagar o velho. Portanto, sugiro que mantenha um Caderno com seus Templates para que ele possa funcionar como um backup e também para o caso de querer alterar algo e salvar novamente.

Gostou da novidade? Se você já usa Templates, por favor, me diga nos comentários como é que você usa. Basta escrever uma palavra como calendário, reuniões, etc. E, claro, se quiser elaborar, vai ser ótimo para ajudar outras pessoas.

 

Templates no Evernote. Será que vale a pena usar?

As tabelas existem no Evernote há muitos anos, se não me engano desde o lançamento do aplicativo. Mas sempre foram muito simples e as poucas configurações possíveis eram diferentes no Mac e Windows.

Há algum tempo esse problema começou a ser resolvido e apesar de não ser possível usar formulas como nas Planilhas de Cálculo tradicionais, a versão Windows 6.5 do aplicativo agora permite uma série de novidades (vide vídeo abaixo) que em breve estarão também disponíveis para usuários Mac:

  • Inclusão ou exclusão de linhas e colunas;
  • Arrastar e soltar linhas ou colunas;
  • Usar cores em linhas, colunas ou células;
  • Rolamento horizontal da planilha.

Desde os primeiros anos de vida do Evernote pessoas e até mesmo startups lançaram templates baseados em tabelas do aplicativo. Eles existiam e ainda existem como uma alternativa para organizar conteúdo dentro de Notas, mas nunca fui fã dessa ideia porque quando abrimos essas Notas no celular, o App Evernote comprimiria o conteúdo que está dentro das células.

Essa nova versão das tabelas resolveu o problema com uma barra de rolagem horizontal (vide vídeo abaixo). É uma ideia interessante, mas em minha opinião ainda não é eficiente porque o acesso ao conteúdo continua sendo algo trabalhoso.

Por essa razão prefiro evitar templates baseados em tabelas muito elaboradas. O que costumo fazer é organizar o conteúdo nas notas usando o separador em formato de linha horizontal conforme demonstrei no vídeo "Gestão de Clientes | Mini-CRM usando o Evernote". E você, usa templates? Gostou das novas tabelas do Evernote? Deixe seu comentário.

Gestão de Clientes. Um mini-CRM usando o Evernote.

Existe um grupo de usuários Evernote que é bastante entusiasmado com templates. Não é o meu caso porque trabalho muito em dispositivos móveis onde normalmente as informações acabam ficando muito difíceis de enxergar.

Por outro lado, ter uma nota modelo é uma boa dica porque basta duplicá-la e começar a preencher os campos.

Para resolver esse impasse, tento criar templates o mais simples possíveis (exemplo no vídeo abaixo). No caso dos meus clientes, há espaço para uma pequena descrição da empresa ou aluno no topo da nota e no caso de empresas normalmente incluo a logo porque isso facilita o processo de encontrar a nota certa.

Depois existe uma parte com informações dos interlocutores (nome, telefone, email etc.) e finalmente o “Conteúdo Externo”, que em realidade é um link para a pasta da empresa no Google Drive.

Lá estão contratos e outros documentos que no passado eu costumava guardar no próprio Evernote.

As três partes finais são as que utilizo com mais frequência no dia-a-dia. A primeira é uma lista de tarefas que preciso executar em praticamente todos os clientes. O segundo grupo uso para grandes tarefas que aparecem durante as reuniões. E o terceiro e último é um histórico de qualquer relação que tenho com o cliente. Assista o vídeo abaixo para entender o processo em detalhes e deixe seus comentários no YouTube.