Você entende a diferença entre o Dropbox e o Evernote?

É muito comum ouvir pessoas tentando estabelecer uma comparação entre o Evernote e o Dropbox, mas a verdade é que os dois têm finalidades muito diferentes.

Já gravei algumas videoaulas a respeito do tema, mas como as dúvidas continuam, resolvi tratar do assunto de uma forma um pouco mais específica.

Enquanto o Dropbox imita a estrutura de pastas aninhadas que temos nos nossos computadores, as notas do Evernote funcionam como espaços mais livres nos quais podemos incluir textos, imagens e até mesmo arquivos.

Para deixar as coisas mais claras, gosto de usar a seguinte analogia. Imagine que o Dropbox e o Word tiveram um filho juntos. Este filho é uma Nota do Evernote.

Além de anotar com estilos e formatações que existem no Word, cada Nota do Evernote pode também guardar arquivos, fotos e qualquer outro tipo de documento. E tudo isso é sincronizado entre os diversos equipamentos nos quais o Evernote está instalado.

Gostou da dica? Compartilhe com os amigos.

Como otimizar os 250 Cadernos do Evernote | Dicas para lidar com este limite.

Eventualmente ainda recebo dúvidas relacionadas ao número de Cadernos do Evernote. O limite atual é de 250 e se isso ainda é um problema para você, vou tentar te ajudar com algumas dicas.

A primeira coisa que você precisa entender é que Caderno do Evernote não é sinônimo de pasta do seu computador. A estrutura do Evernote é bem mais simples. Notas ficam dentro de Cadernos, que por sua vez podem ou não ser organizados em conjuntos com a ajuda de Pilhas.

Não existem sub-Cadernos. E acho isso muito importante porque a estrutura de pastas dentro de pastas é ruim para armazenar e localizar conteúdo. Para entender, sugiro que assista a minha entrevista com o Rui Silva.

O segredo é pensar nos Cadernos como espaços para grandes temas, conforme expliquei no vídeo "Criatividade e produtividade usando Cadernos do Evernote". A ideia é agrupar conteúdo semelhante e usar Etiquetas para filtrar informações dentro de um mesmo Caderno.

É o caso do meu Caderno Diário. Nele guardo, anotações de livros que já li, fotos feitas em museus, receitas, rótulos de vinhos e assim por diante. Cada conjunto pode ser facilmente filtrado com a ajuda da respetiva Etiqueta.

O mesmo vale para meus dois podcasts. Tenho um Caderno chamado "Podcasts” e dentro Notas para o podcast exclusivo para colaboradores Patreon e Notas para os episódios que estou gravando para o Anchor. E da mesma forma posso facilmente filtrar as Notas de cada projeto usando as Etiquetas.

Uma outra forma de contornar a limitação dos 250 Cadernos é usar o Evernote Business. Nesta versão corporativa do aplicativo você pode ter localmente mais 250 Cadernos. Além disso, é possível ter até 10 mil Cadernos online para armazenar e consultar conteúdo corporativo.

Para entender melhor essa situação, recomendo meu curso "Empresa Organizada com Evernote Business". A primeira aula está aberta e explico essa situação em mais detalhes. Mas se você pretendo usar o aplicativo para administrar sua empresa, sugiro assistir o curso todo.

E você, sabia desta limitação de 250 Cadernos? É algo que compromete a utilização do Evernote? Por favor, deixe seu comentário com dúvidas ou dicas.