G Suite ou Office 365? (opinião) | 260

Se você está esperando uma comparação detalhada entre os dois serviços, melhor parar por aqui. Meu objetivo é outro. Quero conversar com você a respeito das diferenças de perfil entre eles para te ajudar a identificar o mais adequado para suas atividades.

Em primeiro lugar é bom que fique claro que é sempre uma comparação entre desiguais porque as duas empresas tem um monte de versões similares com nomes parecidos e já é uma tarefa complicada escolher entre as opções de uma só empresa. Imagine comparar tudo.

Por exemplo, o Office 365 está disponível tanto para uso pessoal, quanto para empresas na versão Business. Já o Google disponibiliza os serviços Docs, Planilha, Slides etc. em versão gratuita e também uma versão paga para empresas que é o pacote G Suite. Além disso começou a divulgar o tal Google One.

A forma de comercialização também é diferente, mas o pacote final é basicamente o mesmo. Ouço muita gente dizendo que ao comprar o Office ganha-se o armazenamento online. Na verdade é apenas uma estratégia de marketing porque nos dois casos você terá à disposição as duas coisas. No caso da Microsoft, está sendo vendido o Office e você "ganha" o espaço no OneDrive. No lado Google, vende-se o espaço do Google Drive e você "ganha" o pacote de escritório.

Em minha opinião a verdadeira diferença é entre qual dos dois é mais local ou mais online. A Microsoft é uma empresa que está aos poucos migrando do mundo de aplicativos instalados no seu computador para uma realidade online. Já o Google, nasceu online e ainda dominam isso como ninguém. Todos os serviços são leves e eficientes.

Por exemplo, venho experimentando há anos os mais variados serviços e aplicativos para email e ainda não encontrei algo tão leve e veloz como o Gmail. Além disso a busca é espetacular.

A qualidade online do Google também está presente nas integrações com outros serviços. Por exemplo, o Drive se integra muito bem ao Trello, Evernote e outros. No Trello, ao ligar uma pasta a um Cartão, é possível ver o conteúdo da pasta dentro do Cartão, clicar e trabalhar naquele conteúdo. A ligação do OneDrive é bem mais simples.

Outro ponto importantíssimo é ter todos os serviços à sua disposição via navegador Chrome. Já precisei fazer isso algumas vezes e é algo fantástico. Ao usar seu login e senha do Google no navegador Chrome, você pode abrir todos os seu serviços em qualquer computador

Entendo as pessoas que preferem os aplicativos e o armazenamento local da Microsoft, mas isso pode ser facilmente contornado com a instalação do Google Drive. O contrário, ou seja, a agilidade dos serviços Google online é algo muito difícil de se encontrar na concorrência.

Gostaria de ouvir a sua opinião. Por que usa ou Office 365 ou o G Suite? O que te faz permanecer usando um serviço em lugar do outro?

Pauta criada e editada no Evernote e vídeo editado e publicado usando o WeVideo.
Seja um membro, tenha acesso a conteúdo exclusivo e ajude a manter o Canal.

 

Microsoft Planner, o clone do Trello | 243

A Microsoft tem feito um excelente trabalho de aprimoramento do pacote Office, que tem se tornado cada vez mais integrado com serviços importantes para trabalho em equipe e gestão de atividades.

Percebo a empresa atacando em duas frentes: (1) comprando serviços como o Skype ou (2) copiando serviços como aconteceu com o Teams que é uma cópia do Slack. Nos dois casos o objetivo é melhorar o Office 365 e, em minha opinião, eles têm feito um belo trabalho.

Mas o assunto de hoje é bastante específico. Quero conversar com você a respeito do Microsoft Planner. Ele é uma cópia do Trello e se sua empresa tem o pacote Office 365 Business, o Planner está incluído e você poderá se beneficiar de uma boa parte dos ensinamentos de Trello que estão no Canal.

O Planner usa o formato Kanban e copiou basicamente todos os elementos do Quadro e Cartões do Trello, porém com nomes diferentes. As Listas estão lá e clicando em um dos cartões você verá o título, descrição, etiquetas, espaço para comunicação entre membros da equipe etc. Enfim, basicamente uma cópia uma roupa da Microsoft.

O Planner chama os cartões de tarefas, o que particularmente não gosto, mas isso é outro assunto. O importante é saber que há dois recursos que são bem interessantes e que não existem no Trello.

Assim como no Trello, é possível incluir uma data de conclusão para aquele cartão. Mas além disso, você pode adicionar uma data para início e também informar se a tarefas já foi iniciada ou não.

Essa informações e diversas outras aparecem em um outro espaço, um painel de controle, que também não existe no Trello. Esse espaço é muito interessante porque serve para que o gestor tenha uma ideia de como andam todas as atividades.

Enfim, se sua empresa é assinante de alguma versão do Office 365 Business, sugiro que dê uma olhada no Planner. Pode ser que sirva para algo que você não está conseguindo implantar por conta de restrições de TI para que bloqueiam determinados serviços ou aplicativos com o Trello. E se precisar de ajuda para implantar o Kanban, estou a disposição.

Gostou do vídeo? Por favor, use os botões abaixo e envie para os amigos e colegas de trabalho. E se sua empresa já usa o Planner, deixe um comentário compartilhando sua experiência.