Evernote: 3 novidades em 2018 (opinião).

Videoaula

O Evernote Business ganhou novidade o Spaces e, apesar de ainda não ter aparecido no meu Evernote (a previsão é para semana que vem), venho acompanhando o desenvolvimento desse recurso há algum tempo.

Enfim, em breve publicarei um vídeo específico. Hoje quero conversar a respeito de 3 novidades que acredito que serão o foco da Evernote para 2018.

Spaces

Agora no Evernote Business é possível incluir ou mover cadernos ou notas para dentro de espaços que são compartilhados entre pessoas que você convidou. E da mesma forma como acontece com cadernos Business, é possível publicar um espaço no ambiente Business para que outras pessoas da empresa possam entrar e começar a participar daquele espaço.

E no topo da janela você verá ao lado esquerdo as novas publicações do "espaço" e ao lado direito é possível incluir notas específicas em formato de atalho. 

Estou cheio de ideias para uso pessoal e também para os meus clientes. Então aguardem um vídeo específico no Canal assim que eu conseguir experimentar por mais tempo.

Nova Interface

Está bem claro para mim que há um movimento de ajustes na interface do Evernote. Começou no iOS e chegou recentemente no macOS. Portanto, imagino que veremos em breve novidades no Android e Windows.

E que novidades serão essas? Não estou imaginando nada radicalmente diferente. Basicamente o que tenho percebido é mais um movimento em direção a padronização. Isso começou em 2013 com uma primeira tentativa de unificação das interfaces do Mac e Windows. Se você acha que elas são muito diferente hoje é porque não conheceu as duas antes de 2013.

Se realmente acontecer, essa unificação será muito boa porque tenho percebido cada vez mais ambientes com pessoas usando diferentes dispositivos.

IA & Tarefas

Coloquei essas duas novidades juntas porque são meramente especulativas. Não tenho nenhuma informação privilegiada, mas tenho ouvido o CEO, Chris O'Neill, repetir essas duas palavras com alguma frequência. 

Não sei se você vai lembrar, mas no passado falei que ele ficava repetindo muito a palavra Slack e que eu estava desconfiado de uma futura integração com o Evernote. Dito e feito, algum tempo depois saiu a integração. Aliás, é um recurso muito interessante e gravei dois vídeos a respeito do tema. Um explicando o Slack e outro explicando a integração com o Evernote.

Tarefas no Evernote é uma demanda antiga da comunidade. As pessoas criam diversas gambiarras e eu faço parte desse grupo. Nada mais natural que a empresa aproveitar esse interesse do público e fazer algo a respeito. 

A Inteligência Artificial vem sendo citada com a mesma frequência e com a migração para os servidores do Google acho que eles já estão prontos para trazer este recurso para o aplicativo.

As possibilidades são gigantescas. Recentemente comecei a experimentar o Google Home e há uma função muito legal. Você diz para ele que guardou a chave do carro na gaveta e depois pode perguntar algo como "Onde está a chave do carro?" e ele vi responder "no dia tal, você disse que estava na gaveta". Imagine algo assim no Evernote! Sugeri a ideia para o CEO e ele me respondeu.

E você, se pudesse pedir uma único recurso para o Evernote em 2018, qual seria? Deixe seu comentário. E, por favor, compartilhe este conteúdo com seus amigo.

 

Evernote no Computador, App ou Web? | Qual devo usar?

Semana passada a Luciana Farias deixou um comentário gigante no nosso Grupo de Discussão explicando a diferença entre o Evernote para Web, para computador e o App para telefones e tablets e achei interessante compartilhar a explicação dela e deixar meus comentários porque é um tema bastante recorrente. 

A Luciana colocou bem, são formas diferentes de acessar o mesmo conteúdo. Então vamos entender essas diferenças.

A versão para computador, seja Mac ou Windows, é a mais completa. Todos os recursos do Evernote estão disponíveis lá. Além disso, a versão do Evernote para computador é a única em que você poderá acessar seus dados independente de ter ou não conexão com a Internet. E é sempre bom lembrar, não há necessidade de nenhum tipo de configuração especial para ter acesso a tudo em modo offline.

Outra vantagem é o backup. Esta é a única forma de manter uma cópia local de tudo que você tem armazenado no seu Evernote. Aliás, espero sinceramente que você já tenha alguma solução de backup. Caso ainda não tenha, dê uma olhada nos vídeos que tenho a este respeito.

No seu telefone ou tablet o que acontece é o seguinte. O aplicativo baixa para o aparelho o título das notas e o thumbnail de imagens ou elementos gráficos, mas a maior parte do conteúdo continua no servidor e para acessar você precisará sempre de conexão com a Internet.

Há algumas excessões. Toda vez que você abre uma nota no seu telefone ou tablet, ela ficará armazenada localmente no seu aparelho para que seja mais rápido acessar este conteúdo no futuro. Obviamente há um limite de conteúdo armazenado, mas o fato é que este tipo de armazenamento local acontece automaticamente, ou seja, você nunca terá controle sobre o que está ou não no aparelho.

Já no caso de ser um usuário Plus ou Premium —assista as aulas para entender a diferença entre contas— você pode escolher alguns cadernos que ficarão sempre disponíveis para acesso mesmo que você esteja sem conexão com a Internet. São os chamados cadernos offline.

No caso da versão Web, a opinião da Luciana é de que ela existe para acesso ao conteúdo a partir de computador públicos e até concordo com ela, mas no passado não era assim e se existe algo que me chateia no Evernote é a limitação da versão web.

Houve uma época em que era possível fazer via navegador tudo que se faz no aplicativo para computadores. E, pessoalmente, acredito que nunca deveriam ter migrado para a nova versão web sem levar junto os recursos que já existiam.

Mas independente da minha opinião, o que você precisa ter sempre em mente é que se trata de uma versão que depende totalmente da sua conexão com a rede. Alguns clientes meus já perderam conteúdo em que estavam trabalhando porque não foi salvo por completo em razão de falha momentânea de conexão.

Resumindo, no computador você tem acesso a todo seu conteúdo e ao mesmo tempo a todos os recursos do Evernote. No telefone ou tablet você depende da Internet ou, caso seja um usuário que paga pelo serviço, terá como manter parte ou todo conteúdo armazenado no dispositivo móvel. E a versão web é mais simplificada e depende totalmente de conexão com a Internet.

E você, como usa o Evernote? Computador, telefone ou web? Gostaria de ouvir sua opinião e experiências. Se você é novo no Canal, lembre-se de assinar e convidar um amigo porque publico conteúdo como este várias vezes por semana.