Evernote: Etiquetas = Estatísticas 📈 | 290

Não tenho ideia de quantas vezes já me perguntaram qual a forma correta de usar etiquetas no Evernote. A verdade nua e crua é que não existe uma forma correta de configurar e usar o Evernote.

Já percebeu que nos vídeos que publico no canal, nunca prometo fórmulas ou soluções milagrosas? Já percebeu que minha forma de ensinar é provocando sua mente? Enfim, cuidado com as promessas de modelos de trabalho e organização no Evernote. Somos todos diferentes e o ponto de partida deve ser sempre a sua necessidade.

No caso específico das etiquetas, uma boa dica é não utilizá-las apenas para enfeitar suas notas no Evernote. Saber ou imaginar que tipo de informação você precisará extrair do conteúdo que tem armazenado no aplicativo no futuro ajudará a entender que tipo de etiquetas fazem sentido. No meu caso, utilizo etiquetas para classificar e localizar informações e também para ter acesso a uma série de dados estatísticos e este é o tema do vídeo de hoje.

Como você já sabe, ajudo pessoas e empresas ensinado Organização Inteligente e Trabalho Eficiente. É a minha atividade principal e preciso de informações estratégicas. Por exemplo, preciso saber quantos clientes estou atendendo no momento, para que eu possa atender com qualidade. Também preciso identificar se está havendo um crescimento ou redução de clientes mês a mês. Outra informação útil é ter um histórico para conhecer os meses com mais e menos alunos.

Tudo isso e mais eu faço com etiquetas, mas para não complicar as coisas, vou compartilhar apenas dois exemplos de uso.

[1] Preciso saber o número de clientes que começaram um trabalho comigo em cada um dos meses do ano e como um mês se compara com o mês anterior.

Todos os alunos de janeiro de 2019 ganham a etiqueta "2019-01". Para fevereiro uso "2019-02" e assim por diante. Ao entrar na tela de visualização de etiquetas verei uma relação crescente agrupada por ano.

E ao lado de cada item aparecerá o número de notas com aquela etiqueta. Ou seja, o número de clientes em janeiro de 2019, fevereiro e assim por diante. Dessa forma, posso facilmente comparar a evolução de alunos mês a mês dentro do ano.

No meu caso é mais importante ver a evolução mensal, mas se quisesse ter uma visualização mais fácil para comparar o mesmo mês em diferentes anos, bastaria inverter a formatação da etiqueta para "01-2018", “01-2019” e o agrupamento mudará, tendo o mês como elemento agregador.

[2] Outra estatística que coleto é a de tipo de profissional que me procura. Neste caso, para que as etiquetas fiquem sempre próximas umas das outras, uso a letra "M" (mentoria) na frente da profissão. Ou seja: "M | Advocacia", "M | Arquitetura", "M | Finanças" etc. O "M", além de agrupar os itens, também facilita a inclusão da etiqueta na nota. Basta digitar "M" e todas as profissões que já tenho cadastradas irão aparecer. Basta selecionar a desejada e ela será incluída na nota.

Gostou da dica, por favor compartilhe com os amigos usando os botões abaixo.

 

Evernote: Os 3 recursos que mais uso | 250

Este é o vídeo número 250 do Canal e fiquei pensando em algo que eu pudesse fazer de forma diferente para comemorar a data.

O que decidi foi escolher e falar sobre três funções ou características do Evernote que eu mais uso ou mais gosto. E no final do vídeo quero ouvir a sua opinião. Deixe nos comentários as 3 coisas que você mais usa ou mais gosta no Evernote. Mas lembre-se, apenas três! Se não quiser explicar em detalhes, ao menos escreva as três palavras. Por favor, não me deixe curioso.

UM

O atalho de teclado CMD + J (Mac) ou CTRL + Q (Windows) é possivelmente o que mais uso no Evernote. Ao combinar essas teclas e começar a digitar o nome de um Caderno, os nomes disponíveis vão aparecendo numa lista e o último item da lista é a possibilidade de realizar uma busca com a frase ou palavra que foi digitada na caixa.

Não sei se tudo isso já está também aparecendo na versão Windows do Evernote. Se você é um usuário Windows, por favor, depois me diga o que aparece com o uso do CTRL + Q.

Enfim, é a forma mais fácil que conheço para alternar entre Cadernos e faço isso com muita frequência porque mantenho meu conteúdo e trabalho separado por Cadernos.

Se estou trabalhando em algo e surge uma ideia ou recebo uma ligação com algum tipo de informação que preciso anotar, simplesmente pressionar CMD + J, busco o Caderno, anoto e volto.

Mas para que isso funcione bem você precisa ter um padrão de nomenclatura para facilitar a memorização dos nomes dos seus Cadernos e Etiquetas. No meu caso tendo a usar uma única palavra que funcione de forma mais abrangente. Por exemplo: Saúde, Finanças, Clientes etc.

DOIS

Um outro recurso que uso com muita frequência é o Widget do Android que me permite criar um ícone na tela do telefone com uma determinada função. No meu caso criei o ícone da câmera do Evernote e é super-fácil digitalizar qualquer coisa. O ícone fica na barra na base do telefone bem ao lado do ícone do Evernote. Quando quero digitalizar um documento ou cartão de visitas, vou direto nele.

É muito comum eu abrir o App Evernote, escolher o Caderno específico e já digitalizar os documentos lá. Mas ter o ícone em tela é importante para evitar interrupções. Por exemplo, se estou conversando com alguém que me entrega um cartão de visitas, vou usar o ícone de câmera porque não quero parar de prestar atenção na conversa. É uma forma rápida de chegar ao scanner e ao mesmo tempo mostrar o recurso para a pessoa com quem estou conversando naquele momento.

TRÊS

Existe esse debate infinito na comunidade Evernote: Etiquetas ou Cadernos? Tenho inclusive vários vídeos no Canal sobre o tema.

Sou uma pessoa de Cadernos. e prefiro organizar meus conteúdos assim, mas só consigo fazer isso de forma eficiente porque existem as Etiquetas e elas são minha terceira escolha.

A estrutura super simples do Evernote, —Notas dentro de Cadernos e ponto— transforma as Etiquetas em um recurso fenomenal.

Com elas posso "carimbar" várias informações em uma mesma Nota e isso me permite criar uma enorme quantidade de combinações dentro dessa estrutura hierárquica super simples do Evernote.

A propósito, se ainda não assistiu, assista minha entrevista com o Rui. Ele é um super-defensor do uso de Etiquetas.

E VOCÊ?

Conheço cada esquina do Evernote e uso uma boa quantidade de recursos do aplicativo todos os dias. Portanto, não foi nada fácil criar essa lista. Os dois primeiros itens são coisas que uso com muita frequência no computador e no telefone, respectivamente. Já o último, as Etiquetas, penso que faz parte da razão pela qual ainda uso e gosto tanto do Evernote depois de um casamento de 10 anos.

E você, quais os três recursos ou características que você mais gosta ou mais usa no Evernote. Por favor, deixe um comentário. Se não quiser explicar, apenas escreva o nome dos três. Estou curioso.

 

Trello: DOMINANDO ETIQUETAS (boas práticas) | 247

Etiquetas em um Quadro do Trello podem transformar sua forma de trabalhar. Além de filtrar informações no próprio Quadro, elas podem funcionar como importantes sinais em um fluxo Kanban ou servirem para filtros posteriores dentro de uma planilha Excel.

O outro lado dessa moeda é que o aumento das etiquetas complicará cada vez mais a localização daquela que você está procurando. O objetivo do vídeo de hoje é te ajudar a lidar com etiquetas de uma forma um pouco mais eficiente.

Vamos começar pelo básico. Algumas pessoas não sabem disso, mas você não está limitado às cores. É possível criar etiquetas usando a combinação nomes + cores.

Portanto, uma etiqueta amarela pode ser usada com vários nomes diferentes e o Trello entenderá que são etiquetas diferentes. A propósito, para ver ou esconder o nome da etiqueta na parte externa do cartão, basta clicar sobre ela.

Agora que você tem várias etiquetas com nomes, você pode usar a busca dentro do cartão. Comece a escreve um nome e a relação de etiquetas com aquelas letras começará a ser filtrada. O mesmo pode ser feito no menu que fica no canto superior direito do Quadro.

E caso não queira entrar no Cartão, coloquei o mouse sobre ele e pressione a letra "L" no teclado. Você verá a sua relação de etiquetas e poderá escolher clicando em uma delas, navegando com as setas do teclado ou usando o filtro.

Tudo isso é muito útil, mas com a criação de novas etiquetas, você pode acabar com as etiquetas originais em cores ocupando espaço desnecessário na relação de etiquetas e dificultando sua navegação entre elas para identificar aquela que está procurando.

Minha recomendação é que você apague essas etiquetas e todas as demais que não estão em uso. Isso vai facilitar e muito a sua navegação para escolher a opção desejada.

E por último, uma dica avançada. Se você usar a palavra "label" seguida de dois pontos e o nome da etiqueta na caixa de busca, poderá pesquisar suas etiquetas. Aliás, existem diversos outros operadores que podem ser combinados na caixa de busca e se você for um usuário pago do Trello, poderá inclusive salvar essas buscas.

Conhece mais alguma outra dica relacionada a etiquetas do Trello? Por favor, compartilhe deixando um comentário. E se achou o vídeo interessante, envie para um amigo.