Evite o Fake News. Leia na fonte usando um Quadro do Trello | 275

Uma forma de se prevenir e evitar as fake news é ler conteúdo direto das fontes que você considera seguras. Dica: compartilhamentos no Facebook não são o melhor lugar para se informar com segurança.

Gosto muito do Twitter porque posso seguir jornais, revistas, jornalistas e até mesmo as assessorias de imprensa de empresas e instituições. O problema é que existem alguns blogs que quero acompanhar mais de perto e muitas vezes as publicações deles desaparecem no meio de tantas noticias.

Para resolver essa situação, criei um Quadro no Trello e estou encaminhando automaticamente para lá o conteúdo de alguns blogs. Meu objetivo é centralizar as informações e ao mesmo tempo poder aplicar algum fluxo Kanban no futuro.

Basicamente o que estou fazendo é usar um Quadro que chamei de Reading List (Lista de Leitura) e que contém Listas para cada publicação ou empresa. Por exemplo, Evernote, Trello, Zapier etc. onde os novos conteúdos e links para as respectivas páginas web aparecem em cartões que são automaticamente criados no topo de cada Lista.

Para automatizar o processo estou usando uma regra do IFTTT que fica de olho em novas publicações e cria o Cartão na Lista específica. As novidades em cada site podem ser acompanhadas usando o endereço RSS da publicação. Assista o vídeo para entender como fazer e caso queira se aprofundar no assunto, recomendo meu curso de automação de processos online.

No momento o Quadro está muito básico, são apenas Listas em ordem alfabética, mas meu plano é elaborar as cosias no futuro usando o Kanban. Por exemplo, criar uma Lista específicas para temas que quero ler ou que são interessantes para serem explorados em um tema no Canal. Porém, a simples organização em Listas já mostra alguns elementos interessantes. Por exemplo, sei quem publica mais conteúdo e com que frequência.

É uma informação que, ao menos no momento, não tem nenhuma relevância para mim, mas essa visualização instantânea de indicativos é um dos benefícios do Kanban.

Dê uma olhada no Quadro que usei como exemplo no vídeo e em segundos, sem nenhum esforço, você saberá que blog publica mais conteúdo.

Um Quadro bem construído apresenta informações claras rapidamente. A propósito, se precisar de ajuda para montar um bom quadro e treinar sua equipe no uso do Kanban, entre em contato.

Pauta criada e editada no Evernote, workflow controlado no Trello e vídeo produzido nos aplicativos Luma Fusion e WeVideo no meu Chromebook Acer R11.

 

SERVIÇOS QUE USO, GOSTO E RECOMENDO

 
 

10K & Futuro do Canal. (OBRIGADO). | Ep. 213.

O objetivo do conteúdo no meu Canal do YouTube é te ajudar a organizar tudo de forma inteligente e trabalhar de forma eficiente.

Existem métodos, técnicas e frameworks aos montes e venho estudando e experimentando cada um deles há anos, mas o que quase não vejo sendo escrito ou publicado em formato de vídeo é o uso da tecnologia como elemento transformador. Algo que possa viabilizar a Organização Inteligente e o Trabalho Eficiente. E é justamente essa combinação que procuro compartilhar nos vídeos do canal.

Portanto, se o assunto te interessa, e ainda não assinou, assine o Canal para não perder os vários vídeos por semana que público a respeito de Organização Inteligente e Trabalho Eficiente.

O Canal começou de forma embrionária em junho de 2016 em razão da minha revolta com a forma como o Facebook trata nosso conteúdo. Era algo que estava me consumindo e como fazer o mesmo trará invariavelmente sempre o mesmo resultado, resolvi experimentar o YouTube. No tweet abaixo, de julho de 2016, é possível ver minha revolta congelada no tempo.

A primeira tentativa foi transformar o extinto podcast "Diário de um elefante" numa versão mais elaborada com compartilhamento de tela. A ideia parecia excelente, mas acabou se revelando tecnicamente muito trabalhosa e o resultado não estava me agradando.

Continuei tentando com algumas variações e diferentes temas até que aceitei o fato de que o YouTube não é podcast e que as pessoas querem ver o rosto de quem fala.

Foi uma uma transição muito difícil para mim porque comecei no podcast em 2005 e até 2016 nunca havia falado para câmeras.

Meu companheiro de gravações sempre foi o microfone e confesso que ainda tenho saudades daquele tempo. Enfim, as primeiras experiências neste novo formato aconteceram entre novembro e dezembro e de 2016 e evoluíram para o que é o canal hoje.

Em 2017 me dediquei muito ao projeto realizando diversos testes e investindo tempo e dinheiro. Reformei pessoalmente o estúdio, comprei novos equipamentos, ampliei aos poucos o leque dos assuntos ligados a Organização Inteligente & Trabalho Eficiente fora do ambiente Evernote, passei a usar capas padronizadas nos vídeos e melhorei o formato das gravações e técnicas de edições.

Mas o mais importante foi que a mudança viabilizou a exposição das dicas de uma forma muito mais clara do que apenas voz. E não foi tudo. Foi o ano em que finalmente ouvi sua opinião. Comecei a gravar podcasts antes da popularização das redes sociais, em 2005, e na época a interação online era muito complicada. Dificilmente ouvia a opinião dos ouvintes. Tudo que eu tinha a deposição eram estatísticas dos ouvintes. Em outras palavras, uma relação deveras fria.

No ano de 2018 (dezembro de 2017) coloquei a mão na massa outra vez para uma nova reforma no estúdio e mais recentemente os vídeos estão passando por novos testes de gravação fora do estúdio.

O fundo verde foi minha primeira tentativa de entender mais a respeito de iluminação e edição e agora as gravações externas estão me levando a novos desafios e aprendizados no que se refere a captura de áudio e vídeo em ambientes nos quais não tenho controle sobre ruídos e iluminação.

Enfim, são novos experimentos para uma nova etapa do canal que está gradativamente migrando de tutoriais para tutoriais com relatos de experiências pessoais e casos dos meus clientes.

No final, como tudo na vida, o meu "Projeto YouTube" é um aprendizado constante. E se não tivesse me deixado levar pela experimentação, o canal não teria chegado ao que eu buscava desde o início: a interação com você

Acredito que este novo formato trará um conteúdo muito mais valioso para você. E você é o ator principal nessa historia. Sem você nada disso teria acontecido.

OBRIGADO!