Como usar o Slack com Evernote | Tutorial Completo.

Estou esperando por esta integração desde que o Chris O'Neill, CEO da Evernote, esteve em São Paulo no final de 2016 e fez uma apresentação na Campus. Lembro claramente de ter comentado algo que chamou minha atenção. Ele mencionou muitas vezes a palavra Slack. Naquela ocasião não existia nenhum tipo de integração entre os dois serviços, mas isto mudou.

Se você não sabe o que é Slack, assista minha aula explicando o serviço ou visite http://vladcampos.tv/slack para ter acesso a todos os vídeos a respeito desta incrível ferramenta. Resumidamente, trata-se de um sistema de comunicação corporativa que se integra a uma enorme quantidade de aplicativos.

Para usar o Evernote e o Slack juntos, visite http://evernote.com/slack e siga os passos para conexão. Caso seja um usuário Evernote Business, preste atenção porque terá que escolher em que conta pretende usar o Slack: na pessoal ou na Business. Terá que escolher uma delas, pois não há como conectar as duas ao mesmo tempo.

Uma vez conectado, um bot do Evernote aparecerá no Slack e você poderá usar 3 comandos.

➤ /note
➤ /clip
➤ /find

Para quem usa o Slack, comandos como estes são muito importantes porque a ideia é conseguir fazer tudo lá de dentro. Por exemplo, escrevendo /note e uma frase, o Evernote criará uma nota com o título “Note to self from Slack”. E, deste ponto em diante, sempre que você usar o /note, um novo texto será incluído nesta mesma nota. Ela será criada no seu caderno padrão, mas você pode mover ela para outro caderno sem interferir no funcionamento do /note.

Já o /clip permite guardar conversas do Slack em notas do Evernote. E funciona junto com datas ou períodos. Por exemplo, use o  /clip yesterday dentro de um canal para salvar todas as mensagens de ontem.

Você pode também usar o nome do mês para pegar todas as mensagens daquele mês. Ou pode indicar uma data para inicio e assim por diante. Use o comando /clip help para conhecer todas as combinações possíveis.

Ao compartilhar uma nota privada do seu Evernote no Slack, o texto dela aparecerá dentro do Slack, mas não há como outras pessoas daquele canal terem acesso àquela nota usando o link. O texto só pode ser visualizado dentro do Slack. É um detalhe sutil, mas mostra a preocupação da Evernote com a nossa privacidade.

E ao usar o comando /find você verá também uma mensagem dizendo que o resultado da busca em tela é visível apenas para você. Ou seja, outra preocupação importante com a privacidade.

E por falar em /find, não achei a busca do Evernote dentro do Slack muito inteligente. Experimentei algumas palavras, mas ele não me mostrou notas que eu havia usado recentemente.

Imagino que isto deva melhorar no futuro porque a Evernote está investindo tempo e recursos na Inteligência Artificial do aplicativo. Porem, é possível ajudar o elefante usando um comando de busca avançada, o intitule:, junto com o /find. Se não conhece a busca avançada do Evernote, assista minha aula a respeito deste tema. É um recurso incrível que você precisa conhecer.

E você, ja usava o Slack? Gostou da Integração com o Evernote? O que mais gostou e do que está sentindo falta? Por favor, deixe seus comentários ou dúvidas.

Caso precise de ajuda para otimizar os mais variados aplicativos e serviços na organização e produtividade da sua pequena ou média empresa, entre em contato.

Gostou da dica? Compartilhe com os amigos.

O que é Slack? | Comunicação Eficiente nas Empresas.

Nem saberia dizer quantos sistemas de mensagem existem a nossa disposição, mas o que posso afirmar com certeza é que o WhatsApp não é a melhor ferramenta para comunicação dentro de uma empresa.

Na videoaula de hoje apresento o Slack, um incrível sistema de comunicação que pode ser integrado a uma grande quantidade de serviços e aplicativos. E o melhor, é gratuito até o limite de 10 mil mensagens. E mesmo atingido este limite, o Slack não para. Mensagens antigas apenas deixam de aparecer nas buscas.

Olhando superficialmente, ele é até parecido com WhatsApp, Facebook Messenger, Telegram e similares. Mas verá que são apenas aparências. Para começar, vamos entender a terminologia. O Slack funciona com base no que é chamado de Time. O Time pode ser um grupo de amigos, um departamento da empresa ou mesmo a empresa inteira.

Por exemplo, há alguns meses criei um Time no Slack para que os interessados no Grupo Diário de um elefante pudessem experimentar a ferramenta. O nome do Time é "Diário de um elefante" e o endereço é http://diariodeumelefante.slack.com. Dentro do Time podem ser criados os Canais, que são subdivisões internas e que são representados pelo símbolo hashtag.

Parte da mágica do Slack acontece nos Canais, mas antes vamos entender outro elemento, as integrações. O Slack pode ser conectado a uma enorme quantidade de serviços e é importante que você entenda que não é uma conexão simples. A integração com o Trello, por exemplo, permite que você execute ações sofisticadas dentro do Trello a partir do Slack.

E dentro do Slack é possível também ver ações que ocorreram no Trello e que tem alguma relação com você. É uma integração muito sofisticada, mas o Trello não é o único.

A interação com aplicativos conectados acontece via comandos que são precedidos de uma barra de data. No Todoist, por exemplo, você pode usar /todoist e incluir uma tarefa. No Hangouts, o /hangouts permite começar uma videochamada com uma pessoa específica e assim por diante. A barra é a chave para iniciar comandos do Slack e a variedade de comandos é ainda maior do que a quantidade de aplicativos que podem ser conectados.

Voltando aos Canais, eles podem ser criados para servirem de espaços para determinados temas. Por exemplo, pode existir um Canal para bate-papo ou um Canal para o qual são encaminhados automaticamente os tweets relacionados ao suporte na empresa.

Ou seja, o Canal é o espaço para os responsáveis lidarem com assuntos específicos. Outro exemplo, o Mailchimp, que é um serviço de mailing, também pode ser integrado e é possível configurar o Slack para mostrar uma mensagem em um determinado Canal toda vez que alguém se inscrever ou sair do mailing. Enfim, o potencial do Slack em termos de comunicação eficiente dentro das empresas é fenomenal.

E além de criar Canais que podem ser fechados para um determinado grupo de pessoas, você pode também enviar mensagens diretas para qualquer membro de um Time.

Limitações

Apesar de toada essa sofisticação, vejo alguns problemas no Slack. Por exemplo, não há como interagir com o mundo exterior. Ou seja, não há como mandar uma mensagem para um cliente como você faz via WhatsApp. A não ser que você crie um Time para cada um dos seus clientes.

Outro problema é a forma como ele lida com os diferentes Times. Para cada um deles você precisa criar uma conta e nome de usuário próprio. Ou seja, no final você terá várias senhas, uma para cada Time. Há como administrar todas em uma única janela ou abas do navegador, mas são contas independentes.

Gostou? Em breve publicarei outras aulas a respeito desta incrível ferramenta. Já conhecia o Slack? Deixe um comentário compartilhando suas dicas para ajudar outras pessoas. E aproveite e assine o Canal no YouTube para acompanhar as próximas aulas a respeito de Slack e outras tecnologias que podem transformar sua vida para melhor.

Caso precise de ajuda para otimizar os mais variados aplicativos e serviços na organização e produtividade da sua pequena ou média empresa, entre em contato.

Gostou da dica? Compartilhe com os amigos.