Evernote: Do email para uma Nota específica | 257

Hoje você vai descobrir como enviar conteúdo de um email para uma Nota que já existe no seu Evernote. A propósito, é uma pergunta que chega com certa freqüência lá no nosso Grupo de Discussão.

Usuários gratuitos não podem fazer isso, mas todo assinante do Evernote pode enviar conteúdo para o aplicativo via email. Se não sabe como, dê uma olhada nos vídeos antigos ou na página de ajuda da Evernote.

Mando muito conteúdo para meu Evernote via email, mas o encaminhamento para uma Nota específica é algo que faço poucas vezes. Por exemplo, agora que estou experimentando mais uma vez meu sistema Kanban no aplicativo, o recurso tem ajudando muito porque posso encaminhar conteúdo para dentro da Nota de aluno ou cliente.

Para enviar conteúdo para uma Nota específica, escreva o título da Nota no campo de assunto, dê um espaço e inclua um sinal de adição. O Evernote vai procurar a Nota mais recente com aquele título e colocar o conteúdo do email na parte de baixo do texto. Caso exista mais de uma Nota com o mesmo nome, ele priorizará a mais nova. Se estiver um pouco confuso, assista o vídeo.

Como cada Nota dos meus clientes tem o nome da pessoa ou empresa, é fácil enviar o conteúdo específico para lá. A única mudança que precisei fazer foi inverter a ordem das informações na Nota. Antes eu tinha o histórico das interações construído de forma cronológica decrescente. No topo estava sempre a data e a interação mais recente para facilitar a minha leitura, mas inverti a cronologia para crescente. Ou seja a interação mais recente está agora na base da Nota. Dessa forma, tudo que eu mandar para lá via email vai ficar ordenado corretamente.

Até o momento a inversão não está afetando meu desempenho, mas vou acompanhar e, claro, compartilhar a experiência no Canal. Você já conhecia esse recuso específico do envio para uma determinada Nota? Costuma enviar conteúdo para seu Evernote por email? O que você costuma mandar? Por favor, compartilhe sua experiência nos comentários. E se gostou da dica, utilize os ícones abaixo e envie para um amigo. 

Pauta criada e editada no Evernote e vídeo editado e publicado usando o WeVideo.
Seja um membro, tenha acesso a conteúdo exclusivo e ajude a manter o Canal.

 

O Web Clipper para iOS está mais eficiente?

Confesso não saber se algo mudou ou se cometi algum erro durante o envio de conteúdo para meu o Evernote dessa forma no passado. Quando comecei a experimentar o Web Clipper para iOS, lembro-me que precisava abrir no Safari o texto que estava lendo no Flipboard, Twitter etc. para, a partir do navegador, utilizar a extensão do Evernote e, de lá, enviar o texto para o aplicativo.

Tenho essa lembrança de ter tentado encontrar sem sucesso a extensão dentro de outros aplicativos. Hoje, quando pressionei o dedo sobre um link de um tweet, vi uma série de extensões, inclusive a do Evernote. Escolhi o ícone do elefante e lá se foi o artigo inteiro. Se não me falha a memória, ações como essa no passado enviavam apenas um link para a Nota. 

Imediatamente abri o Flipboard e tentei a mesma manobra por lá. Pressionei o título de um artigo (imagem abaixo) e segui os passos até enviar o texto para o Evernote. Fantástico! 

Tenho quase certeza que isso não era assim, mas seja em razão da minha falta de atenção ou de uma novidade não anunciada, creio que a dica seja válida.

Doxie + Hazel = Evernote Scanner

A maior parte do meu trabalho de digitalização de documentos acontece diretamente via aplicativo Evernote para smartphone. Mas tenho e gosto muito do escaner de mesa que ganhei da empresa Doxie.

Utilizo nele um cartão Eye-Fi que permite o envio automático de conteúdo para meu Mac via rede sem fio. No computador há um aplicativo que acompanha o equipamento e serve para tratar os documentos e encaminhar para o Evernote, e-mail, Dropbox etc..

Além das diversas formas de envio, o aplicativo permite juntar uma série de imagens (páginas) e via botão “Staple” grampear virtualmente os documentos em um único PDF. Além disso há várias opções de formato e OCR. 

Porém ser bom não é tudo! Depois de ajustar o documento da forma desejada é preciso escolher seu destino. É claro que tudo pode ficar dentro do próprio App Doxie, mas no meu caso todos os rios de conteúdo desaguam no Evernote.

Por essa razão sempre que digitalizo algo no Doxie acabo tendo que trabalhar em duas etapas. A primeira totalmente automática. Coloco o papel, o escaner faz seu trabalho e a imagem chega no meu Mac. Deste ponto em diante começa o processo manual. Abro o aplicativo Doxie, trato o conteúdo e envio para o Evernote. E pelo fato de ser manual eu corriqueiramente esqueço um monte de coisas dentro do Doxie. Pior! São coisas que minha mente pensa estarem dentro do Evernote.

Expressei essa minha chateação no Grupo Diário de um elefante e o Erick Sasse me deu uma excelente ideia. Usar o Hazel —aplicativo preferido do Alexandre Costa— para automatizar o processo.

Instalei o Hazel e criei uma regra que captura as novas imagem que chegam (via Wi-Fi) na pasta do carão Eye-Fi no Mac, cria uma Nota no meu Evernote contendo esta imagem e finalmente manda a imagem original para a lixeira. A regra completa segue ilustrada nas imagens duas abaixo. Atenção: perceba na segunda imagem que é preciso criar um script. 

Uma vez criada a regra, a mágica acontece por inteiro. Tudo que entra no escaner aparece no meu Caderno Padrão no Evernote. E realizar uma triagem ali é muito mais conveniente pois estou sempre trabalhando no Evernote. E mesmo se nada for feito, todas aquelas imagens aparecerão nas minhas buscas.

Pensei em apagar o aplicativo do Doxie mas não acho que seja uma boa ideia. Eventualmente posso precisar digitalizar contratos ou outros conteúdos com múltiplas páginas e “grampear” e transformar em PDF antes de enviar manualmente para o Evernote. Neste caso basta parar os processos do Hazel enquanto digitalizo este grupo especial de documentos.