Como desenhar em Notas do Evernote no computador ✍️ | 284

Há algum tempo publiquei um vídeo explicando como desenhar no Evernote para Android e iOS e o Luccas Góes deixou um comentário lá perguntando se é possível fazer o mesmo no Evernote para computador.

Não que eu saiba, mas pensei numa alternativa que sugeri para ele e que compartilho com você no vídeo de hoje. Não é uma solução completa, mas acredito que funcionará bem para algumas necessidades.

O primeiro passo é criar uma imagem JPG branca. Se não consegue fazer isso, clique aqui e salve no seu Evernote a Nota que deixei lá para você. Ainda não há como criar Templates (Modelos) a partir de Notas que contém imagens, portanto a alternativa é criar um Atalho ou adicionar um Lembrete nesta Nota para que fique mais fácil chegar a ela no futuro.

Quando precisar desenhar algo você terá duas opões. Copiar e colar a imagem branca ou duplicar a Nota e usar a opção Anotar para rabiscar na sua imagem branca. Não são muitas opções de ferramentas para desenhar, mas é possível fazer figuras, linhas, setas e até mesmo digitar algumas palavras.

Como eu disse, é apenas um quebra-galho, mas espero que tenha ajudado. Gostaria de te ouvir. Você tem alguma outra ideia? E se conhece alguém que precisa fazer algo assim, por favor, utilize os botões abaixo e compartilhe o vídeo.

 

Novidade no Evernote: Templates (2018) | 253

Se você me acompanha desde o início do Canal sabe que raramente público conteúdo a respeito de Templates no Evernote. Lembro de ter gravado episódios a respeito dos calendários de 2017 e 2018 e um ou outro vídeo basicamente explicando e reclamando dos Templates.

Nunca gostei porque eram na verdade uma gambiarra. Era preciso criar e duplicar Notas e tomar cuidado para nunca editar ou apagá-las acidentalmente. Inclusive sempre sugeria para meus alunos muita cautela e a criação de um Caderno só para guardar os Templates.

As vezes eu recomendava também um segundo caderno com as mesmas Notas (Templates) para servir como backup. Enfim, era difícil recomendar o uso de algo tão improvisado.

Felizmente tudo isso acabou. A Evernote lançou um espaço específico para você guardar seus Templates e usar sempre que quiser e esse é o tema do vídeo de hoje.

Depois que você atualizar seu App Evernote no computador, tablet ou telefone, verá o botão "Templates" toda vez que criar uma nova Nota. Clicando ali poderá escolher uma entre as várias notas-modelo disponibilizadas pela Evernote. Basta selecionar uma e usar.

Outra possibilidade é criar seus próprios Templates, mas não está disponível na conta gratuita. Monte o que quiser em uma Nota, clique nos três pontinhos no canto superior direito da Nota e escolha salvar como Template. Mude o nome, se for o caso, e pronto. Toda vez que precisar usar aquele Template, basta escolher ele na sua lista.

Quero aproveitar para falar sobre os tais três pontinhos. A Evernote já declarou que está movendo um monte de serviços para o "menu três pontos" e isso está irritando muita gente.

Entendo que o objetivo é padronizar a interface porque está assim em todas as plataformas, inclusive na web, mas ficou muito ruim para algumas coisas.

Por exemplo, agora é preciso entrar no menu para incluir um Lembrete na Nota. Antes era possível fazer isso apenas clicando no relógio. Enfim, se também não está satisfeito e fala inglês, por favor deixe sua reclamação no fórum oficial da empresa.

Os Templates pessoais são obviamente visualizados apenas por você e a princípio pensei que estariam disponíveis apenas com o computador conectado a Internet, mas os testes que realizei mostraram o contrário. Consegui acessar todos eles mesmo com o computador desconectado. 

Porém, não há como editar seus Templates. A única solução é salvar um novo e apagar o velho. Portanto, sugiro que mantenha um Caderno com seus Templates para que ele possa funcionar como um backup e também para o caso de querer alterar algo e salvar novamente.

Gostou da novidade? Se você já usa Templates, por favor, me diga nos comentários como é que você usa. Basta escrever uma palavra como calendário, reuniões, etc. E, claro, se quiser elaborar, vai ser ótimo para ajudar outras pessoas.

 

Evernote: meu novo jeito de anotar (opinião) | 249

Na semana passada estive na conferência Trello Day e, por conta de uma atraso no meu vôo, acabei consumindo praticamente toda bateria do meu computador.

Cheguei tarde em Barcelona, fui dormir e esqueci de colocar o computador para carregar. Resultado, fui forçado a anotar tudo na telinha do meu celular e este é o tema do vídeo de hoje.

Há algum tempo gravei um vídeo falando sobre um estudo que dizia que não é o fato de anotar no computador que faz com que as anotações sejam mais eficiente. O que faz diferença não é a caneta ou o teclado. O que é realmente importante é a forma como anotamos.

Se anotamos fazendo um resumo, assimilaremos mais. Se apenas transcrevemos o que está sendo dito, não assimilamos. Recomendo que assista o vídeo para entender melhor. Sempre que anoto usando o computador, faço resumos, mas como é que eu iria conseguir fazer isso de forma eficiente usando o Evernote com o mini-teclado do telefone?

Comecei usando um sistema de listas de itens, mas escrevendo uma frase-resumo um pouco maior para cada item. Como os slides estavam muito bem construídos, fotografei os que continham resumos dos temas tratados ou as telas do Trello que eu queria guardar para entender melhor no futuro.

Quando o assunto era algo que eu já dominava e estava querendo apenas capturar os detalhes para experimentar depois, fotografava apenas as telas. Foi o que aconteceu no caso da demonstração de uso do Zapier para mensurar o tempo de cartões do Trello em cada lista.

Neste caso, como domino o Trello e o Zapier, não precisei realizar anotações. Apenas prestei atenção na apresentação e fotografei as telas chave que serviram para que eu pudesse estudar e repetir o processo depois. A propósito, em breve publicarei um vídeo sobre este tema.

Você já deve estar cansado de me ouvir falar que mudar a forma de fazer as coisas pode trazer diversos benefícios.

É muito comum, por exemplo, percebermos algo que não havíamos notado antes. Vale para ações simples como mudar a orientação do quebra-cabeças que você está montando até processos mais complexos, como tentar gravar vídeos do YouTube ao ar livre, como eu tentei fazer há alguns meses.

Obviamente não é garantido que algo excepcional vá surgir da mudança, mas em determinadas situações, você é forçado a mudar e o melhor a fazer nestes casos e aceitar e ficar atento ao que pode ser uma boa oportunidade para aprender a fazer as coisas de uma forma diferente.

Espero que o vídeo tenha sido útil. Gostaria muito de saber como é que você realiza suas anotações. Por favor, deixe um comentário explicando e compartilhe este conteúdo com os amigos.