Evernote ficando pronto para 2020

No início de 2019 o CEO da Evernote divulgou um plano para reestruturar o App e posteriormente inciar uma nova etapa focada no desenvolvimento de novidades. Passados alguns meses e o Evernote está cada vez mais próximo do fim da primeira etapa do plano traçado por Ian Small.

Quem apostou na morte da empresa, apostou muito errado. Os artigos publicados nos EUA há alguns meses e porcamente traduzidos por alguns sites no Brasil me irritaram profundamente porque criaram um mar de desinformação. Há no momento até youtuber se desculpando pelo que andou dizendo e é bom ver gente séria assumindo o erro. Mas fica o alerta: site que vive de receita de pageviews tende a divulgar e promover conteúdo sensacionalista para ganhar dinheiro.

Enfim, no artigo recentemente publicado no blog oficial da empresa, o CEO da Evernote fala sobre o processo de transformação e, dentre outras coisas, diz que a Evernote está com fluxo de caixa positivo. Eu já tinha escutado isso dele há alguns dias durante uma conversa e na mesma hora abri um sorriso enorme. A vontade que tive naquele momento foi correr e contar para todos lá no Grupo, mas era preciso esperar pelo artigo oficial, que começa explicando os três pilares da decisão tomada há oito meses:

  • Ter uma experiência melhor com o aplicativo, corrigindo problemas antigos e criando uma interface mais semelhante entre as diferentes versões do Evernote.

  • Mudar a forma como se desenvolve o Evernote. Para quem não sabe, a empresa tinha equipes diferentes para cada versão do aplicativo. A ideia era criar uma espécie de competição interna, mas o que aconteceu foi que surgiram versões muito diferentes do aplicativo.

  • E finalmente reformular a infraestrutura técnica que suporta o aplicativo que vemos e usamos todos os dias.

Em paralelo ao início dos trabalhos no plano, o CEO começou a publicar uma série de vídeos de bastidores, os quais venho comentando lá no meu Canal.

O artigo é curto, mas tocou em alguns pontos importantes. Algo que chamou minha atenção foi ele ter dito que "francamente não há muitas pedras que não reviramos". E posso confirmar isso porque durante a conversa recente com ele, fiz algumas perguntas sobre alguns recursos e fiquei impressionado com a resposta. Eles estão realmente chacoalhando as estruturas do Evernote.

Há também uma boa parte do artigo agradecendo a participação das pessoas no programa beta e um parágrafo dedicado ao recorde de receita e fluxo de caixa positivo.

Os próximos passos, ainda em 2019, são os betas das versões Android, iOS, Mac e Windows. Além disso, em alguma semanas todos terão acesso ao beta do novo Evernote web, que eu venho usando diariamente no meu Chromebook, já alguns meses.

Além de Consultor Certificado, sou membro de um grupo mais restrito de Lideres de Comunidade da Evernote e converso com eles ao menos uma vez por mês. Levo informações que ouço no nosso Grupo e em outras partes da Internet e recebo respostas para tudo que pergunto. Infelizmente muito ainda é sigiloso, mas o que posso repassar é o sentimento de um trabalho sendo feito com dedicação e paixão. Eles estão realmente refazendo todas os recursos do aplicativo. E por isso mesmo não há como acelerar as coisas. 

Quando o beta do novo Evernote web estiver público, experimente. Dependendo das suas necessidades, pode ser que seja possível inclusive substituir até mesmo o App instalado no seu Mac ou Windows. E conforme já expliquei em vídeo anterior, a versão web será, daqui para frente, o local que receberá as primeiras mudanças. Portanto, se você é do tipo que gosta de novidades o tempo todo, é lá que precisa estar.