EVERNOTE | AULA 4: Etiquetas para quê?

A existência das Etiquetas do Evernote é um mistério para muita gente. Meus alunos me perguntam com frequência para que servem e como usá-las. Algumas pessoas nem sabem que elas existem. Já os apaixonados, usam Etiquetas para tudo. E finalmente alguns as usam de forma mais moderada e combinada aos Cadernos. É o meu caso.

Para entender quando usar Etiquetas, é preciso primeiro compreender como elas funcionam e qual a diferença entre elas e os Cadernos. Vamos começar por quantidades.

São permitidos 250 Cadernos na conta gratuita e 1.000 na Premium. Já a quantidade de Etiquetas que você pode ter, seja na conta paga ou na gratuita é 100.000, com um máximo de 100 por Nota.

Outra diferença técnica é que sendo um usuário Premium você pode ativar um ou mais Cadernos para funcionarem em modo offline no seu telefone ou tablet. Ou seja, será possível ver todo o conteúdo deles ainda que não exista conexão com a Internet em algum momento.

Não há como ter uma mesma Nota em vários Cadernos do Evernote, portanto, se você precisa de uma Nota classificada de diferentes formas, Etiquetas são o melhor caminho. Com elas é filtrar uma mesma Nota em diferentes grupos.

+ Curso Online Evernote para Iniciantes

Existe a possibilidade de criar uma árvore de Etiquetas arrasando uma para cima da outra, mas é uma estrutura que serve apenas para organizar as cosias. Ao clicar na Etiqueta mãe, você não verá o conteúdo das sub-Etiquetas e não há indícios de que isso vá mudar. Por outro lado, ao criar uma Pilha de Cadernos, também arrastando um Caderno para cima do outro, você pode ver todo conteúdo de todos os Cadernos que estão naquela Pilha.

QUAL É A SUA NECESSIDADE?

Agora que você conhece as diferenças técnicas entre Cadernos e Etiquetas, pergunte-se como e quando precisa acessar determinadas informações e pense sua organização para atender as suas necessidades. E claro, se algo mudar na sua vida ou trabalho, você pode sempre ajustar a forma como usa os Cadernos e Etiquetas do Evernote.

COMO EU USO ETIQUETAS

1. Filtros - No meu Caderno Casa tenho, por exemplo, as plantas da casa e de alguns cômodos e também as medidas de alguns móveis e paredes. Todas essas Notas estão marcadas com a Etiqueta Medidas. O mesmo acontece com os manuais, que também estão no Caderno Casa e são identificados com o uso da Etiqueta Manuais. Quando preciso de alguma informação específica relacionada à minha casa, posso entrar no Caderno e filtrar usando as Etiquetas.

Etiquetas também funcionam bem para Notas que estão em diferentes Cadernos do meu Evernote. Se preciso ver os passaportes de todos da família, clico na Etiqueta Passaporte e o Evernote me mostrará as Notas filtradas, mesmo que todas elas estejam em Cadernos diferentes. Assista a AULA 3 para entender melhor.

2. Estatísticas - Já as Notas dos meus alunos estão espalhadas por diversos Cadernos. Há os que apenas entraram em contato comigo uma vez, há os que marcaram uma conversa e não compareceram, os que decidiram começar o trabalho de mentoria, mas nunca foram adiante, os que iniciaram os trabalhos etc. Enfim, são diversos espaços que precisam ser organizados para que eu tenha acesso às informações de forma eficiente.

Todas as pessoas que marcaram uma conversa comigo, ganham a Etiqueta Meet na Nota. O nome vem do Google Meet, que é o App que uso para as conversas e mentorias. Os que não compareceram ganham a etiqueta NO-SHOW, que é um termo que vem dos meus tempos de trabalho com turismo. Importante deixar claro que essas classificações não surgiram todas de uma vez, nem da noite para o dia. Ao longo dos anos trabalhando como consultor, fui identificando informações que seriam importantes e fui criando as Etiquetas. Outras, que gosto muito, me ajudam a conhecer o estado e a profissão ou área de atuação de cada um dos alunos.

Com todas essas informações nas Notas, posso gerar uma série de estatísticas. Por exemplo, sei que Advogados, Arquitetos e Contadores são as profissões que mais me procuram para aulas ou mentorias. Sei também que nos últimos meses, Minas Gerais está em alta, quase ultrapassando Santa Catarina. Sei de tudo isso, simplesmente entrando na área de Etiquetas e olhando os números ao lado de cada uma delas.

3. Ação - Já tive várias etiquetas deste tipo, mas no momento tenho apenas uma, a Comprar, que fica na minha Área de Atalhos do Evernote. Mas você pode e deve ser criativo e criar outras como Ligar, Ler etc. A ideia é identificar as suas necessidades e ter um filtro para executar determinada ação.

FORMATO EM TESTES

No meu livro sugiro que você escolha um formato e o utilize sempre, simplesmente porque será mais fácil encontrar uma Etiqueta quando você precisar. Outra vantagem dessa estratégia é que evitará a criação de novas Etiquetas acidentalmente. O formato que eu usava no passado era tudo em letras minúsculas e o mais simples possível, mas ando realizando alguns testes e estou gostando muito.

Apesar de ser possível organizar as Etiquetas em árvore, conforme explico no vídeo, tenho experimentado uma estrutura com “nome e sobrenome”. Por exemplo, no caso do estado do cliente, tenho "Região | SP". Uso “região” porque aqui em Portugal e outras partes do mundo “estado” não existe e queria algo com significado mais amplo.

A vantagem desse formato é que só preciso lembrar do primeiro nome da Etiqueta. Ao escrever Região na caixa de buscas das etiquetas (vide exemplo abaixo), verei um filtro com todas as regiões e posso escolher rapidamente a que quero na lista. E se aquela região (Ex.: Região | PB) ainda não existe, é fácil perceber olhando para a lista que se abriu. E, finalmente, para filtrar informações estatísticas também ajuda muito.

Buscando por Região na caixa de etiquetas, verei algo como:

Região | Porto
Região | RJ
Região | SC
Região | SP

BUSCA AVANÇADA

As Etiquetas também podem ser combinadas entre si. Por exemplo, posso selecionar 2019 + Fevereiro + Região | RJ para saber quantos clientes atendi em fevereiro de 2019 e que, ao mesmo tempo, são do estado do Rio de Janeiro. Mas esse é um assunto para a aula específica a respeito de buscas e buscas avançadas no Evernote. Assine meu Canal no YouTube para acompanhar os próximos vídeos.