Evernote: meu novo jeito de anotar (opinião) | 249

Na semana passada estive na conferência Trello Day e, por conta de uma atraso no meu vôo, acabei consumindo praticamente toda bateria do meu computador.

Cheguei tarde em Barcelona, fui dormir e esqueci de colocar o computador para carregar. Resultado, fui forçado a anotar tudo na telinha do meu celular e este é o tema do vídeo de hoje.

Há algum tempo gravei um vídeo falando sobre um estudo que dizia que não é o fato de anotar no computador que faz com que as anotações sejam mais eficiente. O que faz diferença não é a caneta ou o teclado. O que é realmente importante é a forma como anotamos.

Se anotamos fazendo um resumo, assimilaremos mais. Se apenas transcrevemos o que está sendo dito, não assimilamos. Recomendo que assista o vídeo para entender melhor. Sempre que anoto usando o computador, faço resumos, mas como é que eu iria conseguir fazer isso de forma eficiente usando o Evernote com o mini-teclado do telefone?

Comecei usando um sistema de listas de itens, mas escrevendo uma frase-resumo um pouco maior para cada item. Como os slides estavam muito bem construídos, fotografei os que continham resumos dos temas tratados ou as telas do Trello que eu queria guardar para entender melhor no futuro.

Quando o assunto era algo que eu já dominava e estava querendo apenas capturar os detalhes para experimentar depois, fotografava apenas as telas. Foi o que aconteceu no caso da demonstração de uso do Zapier para mensurar o tempo de cartões do Trello em cada lista.

Neste caso, como domino o Trello e o Zapier, não precisei realizar anotações. Apenas prestei atenção na apresentação e fotografei as telas chave que serviram para que eu pudesse estudar e repetir o processo depois. A propósito, em breve publicarei um vídeo sobre este tema.

Você já deve estar cansado de me ouvir falar que mudar a forma de fazer as coisas pode trazer diversos benefícios.

É muito comum, por exemplo, percebermos algo que não havíamos notado antes. Vale para ações simples como mudar a orientação do quebra-cabeças que você está montando até processos mais complexos, como tentar gravar vídeos do YouTube ao ar livre, como eu tentei fazer há alguns meses.

Obviamente não é garantido que algo excepcional vá surgir da mudança, mas em determinadas situações, você é forçado a mudar e o melhor a fazer nestes casos e aceitar e ficar atento ao que pode ser uma boa oportunidade para aprender a fazer as coisas de uma forma diferente.

Espero que o vídeo tenha sido útil. Gostaria muito de saber como é que você realiza suas anotações. Por favor, deixe um comentário explicando e compartilhe este conteúdo com os amigos.